Menu

Nubank lança loja virtual e destina lucros a organização LGBTQIA+

Marcando a estreia da Lojinha do Nu, loja virtual que concentrará a venda de itens exclusivos da marca, o Nubank anunciou que doará 100% do lucro obtido pela comercialização dos produtos à TODXS, organização sem fins lucrativos com projetos de inclusão social da comunidade LGBTQIA+.

Esta é a primeira organização beneficiada. De acordo com a empresa, todo o rendimento do e-commerce será convertido para projetos sociais ou entidades parceiras de forma permanente. “No Mês do Orgulho, o Nubank vai além da bandeira do arco-íris para dar visibilidade [aos grupos em questão] em apoio à causa”, destaca a companhia.

“Diversidade é um dos pilares e valores do Nubank e temos muito orgulho em avançarmos cada vez mais em nossas estratégias com foco em diferentes pautas”, defende Vitor Martins, especialista em Diversidade & Inclusão do Nubank.

“Em nosso trabalho aqui na TODXS, acreditamos que ser uma empresa aliada da comunidade LGBTQIA+ vai além das portas da companhia e demanda ações concretas. Essa iniciativa do Nubank no Mês do Orgulho é um exemplo disso por demonstrar o comprometimento da empresa com a causa”, afirma Ana Beatriz Santos, diretora-executiva da TODXS.

Espaço concentrará vendas de itens exclusivos do Nubank.

Ampliação de protagonismo

Em censo realizado junto a funcionários e funcionárias do Nubank anunciado em fevereiro, cerca de 26% se autodeclararam/identificaram como parte da comunidade LGBTQIA+. Atualmente, o banco digital possui mais de 4,5 mil colaboradores e colaboradoras.

“Com essa ação, e junto com a TODXS, queremos amplificar o protagonismo das comunidades LGBTQIA+ e despertar na sociedade a reflexão sobre a importância da necessidade de inclusão dessas pessoas com suas identidades, histórias de vida e suas bandeiras”, complementa Vitor.

Organização LGBTQIA+ é a primeira beneficiada.

Em breve, o Nubank promete que deverá ampliar o seu portfólio com ofertas originais, garantindo, sempre, a doação a movimentos que se alinhem à sua conduta. “Graças a essa parceria, poderemos viabilizar nossos projetos de impacto social e alcançar mais pessoas, fortalecendo a nossa missão de construir uma sociedade que seja mais inclusiva para pessoas LGBTQIA+”, finaliza Beatriz.

Via: TecMundo

Compartilhe

<i class="fab fa-facebook" aria-hidden="true"></i> Share on facebook
<i class="fab fa-twitter" aria-hidden="true"></i> Share on twitter
<i class="fab fa-linkedin" aria-hidden="true"></i> Share on linkedin
<i class="fab fa-whatsapp" aria-hidden="true"></i> Share on whatsapp